Você já deve ter ouvido falar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia. Na verdade não é bem assim. Nutricionalmente o almoço seria o mais importante. Mas claro, todas são importantes, a diferença é que o café da manhã é a refeição onde se deve ter mais atenção sobre o que comer.

     No almoço, nosso corpo já está plenamente acordado, em atividade, pronto e precisando de nutrientes, então o que você comer ele dá conta. No entanto, ao acordar, nosso corpo ainda está iniciando o ciclo metabólico de maior atividade. É importante respeitar isso. Fazer nosso corpo “pegar no tranco” causa desgaste e stress fisiológico.

     É como ligar um computador e querer começar a trabalhar enquanto ele ainda está ligando. Percebe que mesmo logo após ele parecer estar pronto, tudo que você faz ainda demora mais do que o normal? Pois é, mesmo depois do computador parecer pronto ele ainda está, por trás, “acordando”, iniciando processos não vitais para o funcionamento, mas importantes. E o mesmo acontece com nosso corpo. Já estamos de pé, e acordados, mas fomos “ligados” pelo despertador, não pela própria programação do nosso ciclo bioquímico, e é importante dar tempo ao nosso “sistema” pra que ele esteja pronto pro “que der e vier”.

     Daí a importância do que comer no café da manhã. Podemos ajudar ou atrapalhar nosso corpo. Pra ajudar, há 3 regrinhas básicas:

  • Comer pouco: primeira coisa que você precisa saber é que a digestão tem prioridade altíssima no nosso corpo e que consome muita energia e oxigênio. Por isso aquele soninho após a feijoada do fim de semana. A digestão é tão difícil, que falta energia pra outros sistemas. Da mesma forma que quando você está fazendo exercício físico seu corpo reforça o aporte sanguíneo aos seus músculos, durante a digestão, ele reforça o aporte aos órgãos do sistema digestório, deixando de lado até o cérebro e por isso o sono.

  • A refeição deve ser de fácil digestão: ou seja, não dá pra comer carne e feijão no café da manhã. Você quer dar energia, nutrientes e vitaminas pro seu corpo, de forma que ele não gaste energia pra processá-los. Então procure alimentos ricos em vitaminas e de fácil digestão. Dica: Frutas integrais e ovos não tem erro.

  • Quebre o jejum com água: Ahh a água. Ouvimos o tempo todo pessoas falando do quanto é importante ingerir água. Não há uma ciência ou pessoa no mundo que negue sua importância. E ainda assim a negligenciamos. Hora de parar com isso. A primeira coisa que você deve fazer ao acordar é dar a matéria base pra que tudo aconteça no teu corpo: ÁGUA. Não vale café, suco ou chá. Tudo isso já requer digestão e antes de começar esse processo, dê ao seu corpo água fresca! A única exceção é a água com limão. O limão é ácido e muitos pensam que faz mal ao estômago, mas deixa eu te contar um segredo: teu estômago só funciona em ambiente ácido. Teu suco gástrico é mais ácido que o veneno da cobra mais venenosa. Por isso vampiros matam em segundos com uma mordida (brincadeira!). Mas a verdade é que ao espremer meio limão em um copo de água, a acidez se torna desprezível e os benefícios das vitaminas, sais e açúcares contidos nele são o aporte necessário pra turbinar teu sistema sem nenhum prejuízo. Mas veja bem, é meio limão em um copo com água, não é limão puro nem limonada!

     Então recapitulando: Acordou? Antes de mais nada, esprema meio limão em um copo com água fresca e tome. Faça o resto que tens a fazer (higiene, trocar de roupa, acordar o filho, etc) e por último, antes de sair, tome seu café da manhã.

     Mas o que fazer?

     Bom, a lista é enorme, vou citar aqui os maiores erros:

  • Gluten: Sim, pão, bolo, biscoitos e qualquer coisa parecida faz muito mal no café da manhã. Faz mal sempre, na verdade, mas a última coisa que seu pâncreas precisa ao acordar é um pico glicêmico no seu sangue.

  • Margarina: Se você ainda não sabe que isso é veneno, agora sabe. Não vou escrever sobre ela, qualquer profissional da saúde já sabe o quanto ela é tóxica.

  • Óleos: Se for fritar um ovo (ou qualquer coisa, em qualquer refeição), só tem um óleo vegetal que serve, o óleo de coco. Qualquer outro óleo deve ser excluído das suas panelas. Outras opções de fritura são a banha de porco e a manteiga (ou no caso de um ovo frito a própria gordura de um bacon orgânico hmmmm bom demais). Aliás, fica aqui uma regra básica pra tua cozinha, nada de óleos vegetais além do óleo de coco e do azeite extra virgem, sendo que este não pode ser aquecido. Fora isso tuas outras opções são de origem animal como a banha e a manteiga.

  • Café: Eu sei, um café pra acordar parece muito bom, mas não deve ser uma das primeiras coisas no teu trato digestivo. Tome seu café da manhã saudável e deixe o café pra quando chegar no trabalho ou depois do almoço. Não force teu corpo a acordar na quinta marcha cotidianamente. Claro que pode tomar quando precisar acordar mais cedo pra uma viagem ou pra uma urgência no trabalho, mas de forma alguma o café deve ser cotidianamente sua primeira “refeição”.

     Bom, você já tem as dicas básicas pra preparar teu café da manhã, ademais, segue um vídeo do Dr. Dayan Siebra falando muito bem sobre o que pode e o que não pode no café da manhã. Ele complementa o que eu disse com dicas mais práticas.

 

     Qualquer dúvida, estou à disposição 🙂 Só deixar teu comentário, prometo que cedo ou tarde respondo.

     Grande abraço!

     Come bem que a saúde vem!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>